Amamentação exclusiva X chupetas e mamadeiras

Amamentação exclusiva

Amamentação exclusiva X chupetas e mamadeiras, por Viviane Souza, enfermeira da Amamente Bem.

Um dos fatores que contribuem para aumentar os problemas de sucção durante a amamentação exclusiva é o uso de chupetas e mamadeiras. A explicação popular é que o bebê acaba preferindo a mamadeira porque mamar assim é mais fácil e cômodo. Na verdade, para o bebê é mais cômodo mamar no peito, que está anatomicamente preparado para isso. Foi comprovado que os prematuros mantém uma temperatura, frequência cardíaca e saturação de oxigênio mais estáveis enquanto mamam no peito do que enquanto tomam mamadeira.

Acontece que mamar no peito e na mamadeira exigem movimentos muito diferentes da língua. No peito, o movimento é para dentro, para tirar o leite. Ao mesmo tempo, esse movimento tende a introduzir o peito cada vez mais para dentro da boca. Na mamadeira o leite sai sozinho, e o bebê move a língua ritmicamente para fora, para interromper o derrame de leite e poder mamar.

Se o bebê tentar tomar uma mamadeira como se fosse o peito, irá engasga, ficará nervoso e a rejeitará. Se insistir até conseguir que ele aceite a mamadeira, ele tentará mamar no peito como se fosse uma mamadeira. No entanto, o mamilo não tem a ponta engrossada, e quando o bebê o empurrar com a língua o expulsará da boca. A mãe pode interpretar isso como uma rejeição ao peito (ou até como uma rejeição a ela mesma).

Atenção, pois o uso de mamadeiras e chupetas, para as mamães que desejam amamentar até os 6 meses exclusivos, pode levar ao desmame precoce antes do bebê completar a idade desejada.

VivianeSouzaViviane Souza
Enfermeira – COREN: 340.017
Amamente Bem
www.amamentebem.com

.

.